As imobiliárias acreditam que em 2016 o mercado imobiliário estará mais aquecido que o ano anterior, principalmente no segundo semestre. Os preços do metro quadrado devem retroceder e não irá acompanhar a inflação de 10,5%, medida nos últimos 12 meses.

Ficará mais fácil adquirir um imóvel.  Mas para isso, a população deverá readquirir a confiança na estabilidade da economia e da política brasileira.

Aqueles que já tinham maior urgência de moradia, já adiaram a compra em 2015, e com certeza não irão perder a oportunidade de um mercado imobiliário bastante favorável atualmente, os demais consumidores ainda devem esperar e aplicar o dinheiro no mercado financeiro, que está em alta. http://www.imobiliariamota.com.br/

As incorporadoras estarão focadas na venda de móveis em estoque, os que não foram vendidos e os que são produtos de distratos. Os lançamentos não ocorrerão tão cedo, em 2015 a queda foi de 24% em relação ao mesmo período do ano anterior. A maioria das construtoras acredita em uma recuperação somente no segundo semestre de 2016.

O mercado estará mais favorável para incorporadoras que atuam na faixa salarial do programa Minha Casa Minha Vida, com subsídios para a aquisição da casa própria. Espera-se que a Caixa faça o reajuste nos valores de financiamento no início de 2016 para que seja realmente favorável.